TECA (Tectona grandis)

 

Mudas produzidas através de sementes coletadas das matrizes dos plantios da Tropical Flora Reflorestadora em Garça/SP, as quais foram produzidas com sementes de fornecedores registrados no RENASEM da região de Cáceres/MT. O plantio citado tem apresentado resultado satisfatório no campo e já se encontra com mais de 10 anos de idade.

Padrão de entrega:

*  As mudas dessa espécie são entregues em diversos padrões de altura, sendo o principal deles de 25 a 40 cm que visam o melhor pegamento para projetos de reflorestamento comercial para produção de madeira nobre.

* Caule lignificado, torrão enraizado, livre de pragas e doenças e rustificadas a pleno sol por pelo menos 60 dias; podem ser enviadas em tubetes de 6x16 cm, 6x19 cm e outros formatos que o cliente solicite com antecedência, como tubetes de 110 ml, 180 ml etc., caso sejam enviadas via transportadora expressa ou transporte aéreo são embaladas em rocamboles de 50 unidades cada um e sem os tubetes e acondicionadas em caixas de papelão desenvolvidas para essa finalidade.

 

Informações sobre a espécie:

Árvore nativa do continente asiático, reconhecida em todo o mundo como madeira tropical dura de alta qualidade. Estima-se que, aproximadamente, há 4,3 milhões de hectares cultivados com teca, sendo 83% concentrados na Ásia, 11% na África e 6% na América tropical. No Brasil são mais de 80 mil hectares de teca plantada, onde a maior parte encontra-se no estado do Mato Grosso.


Nomes populares: Teca, Teak, Djati

Nome científico: Tectona grandis

Família: Verbenaceae

 

Ocorrência Natural

Índia, Mianmar, Tailândia, Laos, Indonésia, entre outros países asiáticos.

 

Características gerais
Quando adulta, a árvore atinge entre 25 a 35 metros de altura e diâmetro (DAP) de até 100 cm ou mais. Seu tronco é reto e revestido por uma casca espessa, resistente ao fogo. Perde as folhas durante a estação seca, pois se trata de uma espécie caducifólia.

 

Características Silviculturais

Os melhores sítios atingem incrementos médios anuais (IMA) de 15m³/ha e produções entre 250 e 350m³/ha para uma rotação de 25 a 35 anos. Possui excelente forma de fuste, com necessidade de realização de podas anuais para evitar nós na madeira e manter a boa forma. É plantada principalmente em plantio monocultural, mas pode ser plantado em sistemas agroflorestais e silvipastoris.


Solo e clima
O solo deve ser profundo, permeável, com razoável capacidade de retenção de água e de fertilidade mediana, ou melhor. A espécie é exigente em nutrientes, portanto não recomendada para solos fracos.
O clima mais indicado é o tropical úmido, com verão chuvoso e inverno seco, com precipitações anuais entre 1.200 a 2500 mm e a temperaturas entre a mínima de 13º C e a máxima de 45ºC. Não tolera geadas e seu crescimento é afetado negativamente em locais frios.

 

Madeira
O alburno é estreito e claro, bem distinto do cerne, cuja cor é marrom viva e brilhante. A madeira é estável; praticamente não empena e se contrai muito pouco durante a secagem. A densidade média da teca é 0,65g/cm³ e, apesar de ser leve, apresenta boa resistência a peso, tração e flexão, semelhante ao mogno brasileiro. A estabilidade permite que a teca (madeira) resista à variação de umidade no ambiente.

 

Utilidade
A madeira da teca é muito procurada para decoração de interiores luxuosos e mobiliário fino. Além do efeito decorativo, a madeira de teca é utilizada para as mais diversas finalidades: construção naval, laminação e compensados, lenha e carvão vegetal; as duas últimas são específicas para as áreas de ocorrência natural. Devido a sua boa estabilidade e resistência, ela é bem utilizada em mvelaria de áreas externas e decks de madeira.